terça-feira, 30 de setembro de 2008

Paraiba também tem marcha para Jesus!!


Após Band, evangélicos assediam o SBT, informa Daniel Castro

Depois de arrendarem a madrugada da Band, os evangélicos estão partindo para cima do SBT --única rede que não tem programação religiosa. A informação é do colunista Daniel Castro, na Folha desta quinta-feira (18), que está nas bancas.
A TV de Silvio Santos já recebeu pelo menos uma proposta de igreja. Partiu do missionário R.R. Soares, que paga R$ 4 milhões mensais por 60 minutos no horário nobre da Band.
Como seu contrato com a Band vence no final do ano e a rede acaba de locar sua madrugada para o concorrente Silas Malafaia, Soares busca alternativas. Segundo a coluna, a negociação de Soares com o SBT, no entanto, não deve prosperar, já que Silvio Santos resiste a negociar horários em sua emissora com evangélicos.

Folha

Evangelho de Deus é poder de transformação de Vidas!!

Solange de Aviões do Forró se converte na Assembléia de Deus em Fortaleza-CE

Quem não se lembra da rainha do bumbum, Carla Perez, que fez sucesso nos anos 90 dançando no “É o Tchan”, apresentando programas de televisão e posando para revistas masculinas? A baiana abriu mão da fama e agora, casada com o também evangélico Xande, mãe de dois filhos, Carla se dedica a projetos infantis e segue paralelamente uma carreira no meio gospel. Além da ex-dançarina, Mara Maravilha, Déborah Brasil e Daniel Diau também se converteram. Este último artista que é sergipano fez sucesso na banda Calcinha Preta por mais de 10 anos e agora abandonou o público forrozeiro.

Agora mais uma estrela do forró deve deixar a banda, trata-se da cantora de Aviões do Forró, Solange Almeida, conhecida por "Solanja", que se converteu no início deste mês e agora é membro da Igreja Assembléia de Deus. O site da igreja transmitiu ao vivo a aceitação da cantora a Jesus. "O senhor é poderoso, podem aplaudir, eu estou todo arrepiado", dizia o pastor ao anunciar a presença da cantora.

"Deus tem um propósito na vida de cada um de nós. Tenho uma família maravilhosa, o amor e carinho de todos. Estou me sentindo completa e mais forte porque sinto a presença de Deus na minha vida", disse a cantora em seu blog.

Nesta semana, a vocalista forrozeira estreou seu novo estilo. Cerca de 10 mil pessoas estiveram presentes no grande Santuário Canaã em Fortaleza-CE, e assistiram pela primeira vez a apresentação da cantora do Aviões do Forró cantando louvor. A evangélica mostrou toda segurança e tirou de letra a música.
“Foi uma emoção única na minha vida, eu nunca sentir isso que sentir hoje. Tenho certeza que este foi o primeiro de vários cultos, de vários hinos que vou louvar ao senhor", declarou emocionada a cantora.

Aviões do Forró se apresenta em Aracaju no próximo dia 11. Solange deve continuar na banda até acabar alguns contratos com shows e gravadora.

OVerbo

De olho Neles!!!


domingo, 28 de setembro de 2008

SCJM 8 X 3 VIDA!!! Olha só que coisa tremenda!!

Numa demonstração clara de desprezo e desrespeito à Declaração Universal dos Direitos Humanos, em especial ao artigo III que diz: "Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal", a Suprema Corte de Justiça do México ratificou, em 28/08/2008, por 8 votos contra 3, a decisão que a Assembléia Legislativa do Distrito Federal daquele país havia tomado em abril de 2007 de legalizar a prática do abortamento provocado à pedido indiscriminado da mãe, durante as 12 primeiras semanas de gestação.Teme-se que a próxima vítima de semelhante julgamento seja o Brasil, já que em maio de 2008, o Supremo Tribunal Federal aprovou, em conformidade ao art. 5º da Lei de Biossegurança, pesquisas com embriões humanos vivos.

Network Marketing



Olha que Cd Lindo, é uma simpatia tremenda, a capa realmente chama muita atenção, acho que com o MF na capa, no sul deve vender alguma coisa, "no sul"!!!

Vestido para a batalha!

Em nossa caminhada com Cristo surgem muitos obstáculos a serem superados, gigantes afrontadores a serem derrubados e inúmeras batalhas que exigem de nós uma posição de guerreiros!Como soldados, necessitamos de armas e vestes para enfrentar o adversário.Isso me lembra a história do nosso ousado irmão Davi, ao enfrentar o gigante de Gate, ele não perdeu tempo e nem fugiu como faziam os homens de Saul quando o tal Golias chegava no vale do Carvalho, Davi o convidou para briga (seria “mal” de baxinho? Rsrs); Davi não pensou duas vezes ao se colocar na posição de guerreiro para acabar com aquela afronta que Golias fazia contra o povo de Deus.- Mas... Davi? Ei psiu!!! Você está esquecendo de uma coisa. Você não tem aramadura!Essas são as palavras desanimadoras de Saul.Davi não precisa dos conselhos de um rei medroso, mas Saul insiste:- Eu te empresto as minhas!Quando você está em guerra, observe a quantidade de Saul's que surgem para tentar te convencer de que “você não pode” ou “não consegue”. Eles não tiveram coragem de lutar contra o gigante e não querem que você lute: - Minha vizinha morreu desta mesma doença!- Meu ex-marido fazia o mesmo!- Acho muito difícil você entrar naquela faculdade!Embora você não precise, eles também insistem: - Coloque minha armadura Davi!O mundo quer que você lute com as mesmas armas que ele, ele quer que você vá para a batalha com as vestes de Saul. Um Saul que desagrada o coração de Deus, um Saul que fica possuído pelo espírito mau, um Saul que mesmo sendo autoridade era covarde, um Saul que já não tinha mais o espírito de Deus!Sabe o que acontece quando você tenta lutar com as vestes de Saul?O mesmo que aconteceu com Davi: “e Davi disse a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei.” (I Samuel 17:39).Você não sairá do lugar se colocar a armadura que o mundo te oferece!Davi venceu Golias com a veste que Deus lhe dera, a veste de um adorador!A veste de um homem de coração voltado para Deus, a veste de um adorador que reconhecia sua total dependência de Deus! A veste de um homem segundo o coraçao de Deus!É assim que Deus quer que você lute! Com vestes de um adorador dependendo totalmente da graça dEle! Não vá desarmado para a batalha, não vá sem vestes próprias de uma guerra. Jogue fora a armadura que Saul tenta colocar em você e se revista das armaduras de Deus! (Efésios 6).Sabe aquela frase bem conhecida “Prostrado me torno um gigante”?Era este o lema de Davi. Foi assim que ele venceu. Ele se prostrou ante ao Senhor e se tornou um gigante!A cena no Vale do Carvalho, não era mais a de um gigante afrontando um povo medroso, era a de um gigante com as vestes de ferro e bronze sendo afrontado por um gigante com vestes de adorador!Aconteceu ali O Duelo dos Gigantes!Quem vence??Vamos deixar que Paulo nos responda:"Portanto, tomai a armadura de Deus, para que possais resistir o dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes." (Efésios 6:13).

http://blogdoasnan.blogspot.com/

Essa é situação de muitos!!


Nomes estranhos de Igreja!!

Estive navegando pela NET e encontrei uma relação bem interessante de várias igrejas evangélicas espalhadas por esse país, algumas com nomes exóticos e bem originais, realmente bem interessante onde esses nossos irmãos encontram nomes para colocar em suas congregações, bom de uma forma ou de outra o evangelho de Deus está sendo propagado e quando Jesus vier, com certeza irá colher seus fiéis da terra em muitas delas, veja aí os nomes de algumas;

IGREJA EVANGÉLICA A ÚLTIMA TROMBETA SOARÁ-
IGREJA DE DEUS ASSEMBLEIA DOS ANCIÃOS-
IGREJA EVANGÉLICA FACHO DE LUZ-
IGREJA BAPTISTA RENOVADA LUGAR FORTE-
IGREJA ACTUAL DOS ÚLTIMOS DIAS-IGREJA JESUS ESTÁ VOLTANDO, PREPARA-TE-
MINISTÉRIO APASCENTA AS MINHAS OVELHAS-
BOLA DE NEVE CHURCH-
IGREJA EVANGÉLICA ADÃO É O HOMEM-
IGREJA EVANGÉLICA BAPTISTA BARRANCO SAGRADO-
MINISTÉRIO MARAVILHAS DE DEUS-
IGREJA EVANGÉLICA FONTE DE MILAGRES-COMUNIDADE PORTA DAS OVELHAS-
IGREJA PENTE COSTAL JESUS VEM, VOCÊ FICA-
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL CUSPE DE CRISTO-IGREJA EVANGÉLICA SUBIMOS COM JESUS-
IGREJA EVANGÉLICA DO MONTE DE ORAÇÃO-
IGREJA EVANGÉLICA LUZ NO ESCURO-
IGREJA EVANGÉLICA O SENHOR VEM NO FIM-
IGREJA PENTECOSTAL PLANETA CRISTO-
IGREJA EVANGÉLICA DOS HINOS MARAVILHOSOS-
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL DA BÊNÇÃO ININTERRUPTA
COMUNIDADE EVANGÉLICA SHALOM ADONAI, CRISTO!-

IGREJA DA CRUZ ERGUIDA PARA O BEM DAS ALMAS-
CRUZADA EVANGÉLICA DO PASTOR WALDEVINO COELHO, A SUMIDADE-IGREJA FILHO DO VARÃO-
IGREJA DA ORAÇÃO EFICIENTE-
IGREJA DA POMBA BRANCA-
IGREJA SOCORRISTA EVANGÉLICA-
IGREJA "A" DE AMOR-
CRUZADA DO PODER PLENO E MISTERIOSO-
IGREJA DO AMOR MAIOR QUE OUTRA FORÇA-
IGREJA DEKANTHALABASSI-
IGREJA DOS BONS ARTIFÍCIOS-
IGREJA CRISTO É SHOW-IGREJA DOS HABITANTES DE DABIR-
IGREJA "EU SOU A PORTA"-
CRUZADA EVANGÉLICA DO MINISTÉRIO DE JEOVÁ, DEUS DO FOGO-
IGREJA DA BÊNÇÃO MUNDIAL-
IGREJA DAS SETE TROMBETAS DO APOCALIPSE-
IGREJA PENTECOSTAL DO PASTOR SASSÁ-
IGREJA SINAIS E PRODÍGIOS-
IGREJA DE DEUS DA PROFECIA NO BRASIL E AMÉRICA DO SUL-
IGREJA DO MANTO BRANCO-
IGREJA CAVERNA DE ADULÃO-
IGREJA ESTE BRASIL É ADVENTISTA-IGREJA E.T.Q.B. (Eu Também Quero a Bênção)-
IGREJA EVANGÉLICA FLORZINHA DE JESUS-
IGREJA CENÁCULO DE ORAÇÃO JESUS ESTÁ VOLTANDO-MINISTÉRIO EIS-ME AQUI-
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL CEIO EU NA BÍBLIA
-IGREJA DA ÁGUA ABENÇOADA-

IGREJA ADVENTISTA DA SÉTIMA REFORMA DIVINA-
IGREJA DA BÊNÇÃO MUNDIAL FOGO DE PODER-
CONGREGAÇÃO ANTI-BLASFÉMIAS-
IGREJA CHAVE DO ÉDEN-
IGREJA EVANGÉLICA ABOMINAÇÃO À VIDA TORTA-
IGREJA BAPTISTA INCÊNDIO DE BÊNÇÃOS-
IGREJA BAPTISTA o GLÓRIA!-
CONGREGAÇÃO PASSO PARA O FUTURO-
IGREJA EXPLOSÃO DA FÉ-IGREJA PEDRA VIVA-
COMUNIDADE DO CORAÇÃO RECICLADO-IGREJA EVANGÉLICA MISSÃO CELESTIAL PENTECOSTAL-
CRUZADA DE EMOÇÕES-IGREJA C.R.B. (Cortina Repleta de Bênçãos)-
CONGREGAÇÃO PLENA PAZ AMANDO A TODOS-
IGREJA A FÉ DE GIDEÃO-
IGREJA ACEITA A JESUS-
IGREJA PENTECOSTAL JESUS NASCEU EM BELÉM-
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL LABAREDA DE FOGO-
CONGREGAÇÃO J.A.T. (Jesus Ama a Todos)-
IGREJA BARCO DA SALVAÇÃO-
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL A ÚLTIMA EMBARCAÇÃO PARA CRISTO-
IGREJA PENTECOSTAL UMA PORTA PARA A SALVAÇÃO-COMUNIDADE ARQUEIROS DE CRISTO-
IGREJA AUTO MOTIVA DO FOGO SAGRADO-
IGREJA BAPTISTA A PAZ DO SENHOR E ANTI-GLOBO-
ASSEMBLEIA DE DEUS DO PAI, DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO-
IGREJA PALMA DA MÃO DE CRISTO-
IGREJA MENINA DOS OLHOS DE DEUS-
IGREJA PENTECOSTAL VALE DE BÊNÇÃOS-
ASSOCIAÇÃO EVANGÉLICA FIEL ATÉ DEBAIXO D'ÁGUA-
IGREJA BAPTISTA PONTE PARA O CÉU-
IGREJA PENTECOSTAL DO FOGO AZUL

Obs: muitos não tem desculpa pra dizer que não tem igreja onde se congregar, tem pra todos os gostos.

sábado, 27 de setembro de 2008

A MENSAGEM DE JUDAS AOS LÍDERES - PARTE 2

A manifestação sutil da presença do dissimulador, no meio do povo de Deus, como anjos de luz na Assembléia dos Santos, foi dita por Paulo: "Os tais são falsos apóstolos, obreiros fraudulentos, transformando-se em apóstolos de Cristo. E não é de admirar; porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que seus próprios ministros se transformem em ministros de Justiça; e o fim deles será conforme suas obras." (2 Co 10.13-15.) No momento, entretanto, vale perguntar: como nasce e em razão de quê esse conjunto de coisas espirituais se desencadeia?
A INCREDULIDADE QUE GERA SEDIÇÃO
Judas diz: que o "Senhor, tendo libertado um povo tirando-o da terra do Egito, destruiu, depois, os que não creram" (verso 5).O argumento de Judas baseia-se na narrativa de Números, no capítulo 14, dos versos 1 a 30. No exemplo em questão o que aconteceu foi que o povo de Israel não creu no "relatório dos espias". A partir daí desenvolveu-se uma amargura misturada com incredulidade que acabou por provocar a ira divina. Aliás, aquela atitude já se tornara crônica, a tal ponto que Deus disse: "Nenhum dos homens que, tendo visto a minha glória e os prodígios que fiz no Egito e no deserto, e todavia me puseram à prova já dez vezes e não obedeceram à minha voz, nenhum deles verá a terra que sob juramento prometi a seus pais..." (Nm 14.22.) Assim é que muita gente vai-se tornando dissimuladora em função da amargura o da incredulidade, da incapacidade de crer nas promessas da Palavra de Deus. Quando isso acontece, para tais pessoas parece que todo discurso a respeito da provisão, da proteção e do poder de Deus não passa de um estúpido "triunfalismo suicida". Alguns conseguem articular esse estado interior a nível de queixa, de perguntas, de argumentos e de teologias. Quando é assim, é menos ruim. Mas há aqueles que emudecem os seus pensamentos e simplesmente agem de maneira contrária à graça de Deus e ao Senhorio de Cristo como expressão de sua hostilidade para com Deus e suas palavras "tardias em cumprirem-se". Portanto, devemos saber que a amargura habita a base espiritual da dissimulação. Somente a gratidão estimula alguém à obediência. Mas em contrapartida, toda ingratidão aprofunda a alma humana na hipocrisia.

O ORGULHO QUE NÃO SE CINGE DE LIMITES
O segundo argumento de Judas acerca das causas psicológicas do surgimento do espírito de dissimulação vem da vivência dos anjos. Assim como há homens tomados pela dissimulação, também há anjos. Aliás, ela brotou, metafisicamente, na dimensão dos anjos. Por isso alguns anjos ilustram muito bem esse estado de rebelião, amargura e insurreição contra os absolutos de Deus e o Deus Absoluto, pois "anjos, os que não guardaram o seu estado original, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem guardado sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande dia" (verso 6).A prova de que a conjugação das atitudes de Lúcifer virou Síndrome ê que outros anjos foram posteriormente afetados pelo mesmo mal, que se traduziu na incapacidade de conservar o "estado original" e de manter "seu próprio domicílio", ou seja, incapacidade de limitar-se à sua "própria dimensão". Ora, essa Síndrome se manifesta em anjos e homens, segundo Judas. Aliás, ao ver dele, diante das últimas notícias, não havia dúvida de que também está presente em algumas pessoas na igreja.Sempre que as pessoas se rebelam ostensiva e deliberadamente contra o "estado original" da vontade de Deus para a vida humana e sempre que elas resolvem abandonar os limites morais, psicológicos e espirituais que Deus lhes impõe, repete-se, a nível humano, a rebelião primeira: a de Lúcifer. Somos desafiados por Deus a superarmos toda perspectiva de redução das nossas potencialidades humanas, mas não a superarmos a nossa condição humana em si, sob pena de nos desumanizarmos.O


PRAZER QUE SE TORNA IMPUREZA
No primeiro caso, a atitude de ingratidão e amargura gera a incredulidade; no segundo, ela brota do orgulho e da incapacidade de aceitar os limites do "projeto original" do Criador. Mas nessa terceira fonte de onde, pela associação às anteriores, pode surgir a Síndrome, o problema está na patologia do prazer.O prazer é bom. Mas sua má administração pode adoecê-lo, tornando o prazer imediato em antiprazer a médio e longo prazo. Também, no primeiro caso, uma das causas da Síndrome atingiu indivíduos humanos — "os que não creram" (verso 5). No segundo caso, foram os anjos os contagiados pelo seu mal (verso 8).Mas neste terceiro caso a Síndrome atinge sociedades como um todo, "como Sodoma e Gomorra e as cidades circunvizinhas que, havendo-se entregue à prostituição como àqueles (os anjos), seguindo após outra carne, são postos para exemplo do fogo eterno, sofrendo punição" (verso 7). Sodoma e Gomorra foram comunidades humanas que deram caráter absoluto ao prazer! Nesse caso é o psiquismo coletivo que está afetado.Sempre que o prazer é absolutizado ele vira impureza e degradação na medida em que para realizá-lo, todos os outros absolutos são relativizados. É o rompimento com os princípios absolutos de Deus para a realização do absoluto do prazer.

O MISTICISMO PATOLÓGICO
"Sonhadores alucinados." (Verso 8.) Freqüentemente vemos pessoas em conflito com a verdade da Bíblia em nome de "revelações espirituais". São pessoas que, não tendo base bíblica suficientemente forte para sustentar um argumento, apelam para o pretexto da "revelação divina" que receberam, fazendo assim silenciar questionamentos. Quando as pessoas dão mais crédito aos sinais sobrenaturais do que aos princípios absolutos da Palavra de Deus, então os argumentos falsamente fundamentados em "sonhos inspirados" tornam-se mais fortes do que aquilo que a Bíblia diz.E o pior, é que na maior partes das vezes o povo de Deus dá mais crédito aos "prodígios" e “pseudo-profecias” do que àquilo que diz a Palavra de Deus. Quanto a isso, devo fazer aqui uma ressalva: eu creio em visões e revelações como uma possibilidade contemporânea. Creio nisso porque creio na liberdade de Deus de agir como quer, nos limites morais da sua revelação: a Bíblia. Existe também a questão da má fé, que acontece quando algumas pessoas são induzidas a terem sempre revelações de Deus para entregar a outras. Isso é freqüente nos grupos onde algumas pessoas são tidas como permanentes portadoras da revelação de Deus e são "procuradas" com essa finalidade. A cobrança é tão grande que algumas delas se sentem na obrigação de dar sempre alguma revelação. Depois de certo tempo isso vira hábito. E saibam, infelizmente é fácil impressionar "profeticamente" um grupo, fazendo algumas afirmações gerais e comuns à problemática da maioria das pessoas, fazendo que as mesmas, não consiguam perceber a dissimulação e a "revelação encomendada".Nos dias de Judas era assim também. Baseadas em revelações divorciadas da palavra dos apóstolos e do ensino revelado nas Escrituras, pessoas estavam justificando seu procedimento leviano ou fraudulento, e iludindo o povo, sempre ansioso por novidades e incapaz de conferir se o que se diz confere com o que está escrito.

Obs: o Blog Cristianismo Radical pertece ao Pr. Juber Donizete, Pr.- auxiliar em Uberlândia - MG. Seu blog está recebendo um prêmio como um dos melhores blogs cristãos do Brasil, pela sua criatividade, suas reflexões inspiradoras e pela clareza e objetividade em suas colocações sendo todas elas sinceras e verdadeiras, um excelente blog na qual oriento e aconselho a todos aqueles que gostam de ler e ver o verdadeiro cristianismo, respaldado e alicerçado na Palavra de Deus.

Allen Sarlo.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

DEZ MITOS SOBRE O CÂNON DAS ESCRITURAS

Por Rob Bowman

Mito 1. Os livros do Antigo Testamento foram reconhecidos como inspirados somente séculos após terem sido escritos.
Resposta:
· Muitos livros do Antigo Testamento (e g., Pentateuco, Profetas) explicitamente se dizem inspirados.
· Após o período do Antigo Testamento houve questões apenas sobre alguns livros daquele Cânon.

Mito 2. Vários livros mencionados na Bíblia como sendo parte do cânon estão perdidos.
Resposta:
· É verdade que a Bíblia menciona vários livros históricos que desapareceram (notadamente no Antigo Testamento), mas nunca os cita como Escritura.
· Paulo menciona em suas epístolas outras cartas que tinha escrito (especialmente aos Coríntios), mas não diz nada que indique que elas deveriam ser preservadas.

Mito 3. Os Protestantes descartaram alguns livros do Antigo Testamento após se separarem da Igreja Católica Romana.
Resposta:
· Os Católicos e Anglicanos chamam estes livros de Deuterocanônicos (ou seja, "segundo cânon") e Protestantes chamam-nos de Apócrifa ("escondido").
. A Igreja não tinha declarado oficialmente esses livros como sendo Escritura antes da Reforma.
. Os Católicos Romanos os declaram como sendo Escritura somente no Concílio de Trento (1546).
Cinco Razões para Se Rejeitar os Livros Apócrifos
A. Eles foram escritos durante um período (por volta de 400-50 BC) no qual Israel não teve profetas inspirados declarando a palavra do Senhor - como alguns destes próprios livros descrevem.
B. Eles contêm idéias doutrinais, tal como a oração para os mortos, que contradizem os livros inquestionáveis da Bíblia, e que não podem ser achadas em qualquer outro lugar na Bíblia.
C. Nenhum destes livros jamais são citados como Escritura no Novo Testamento, ou reconhecidos por Jesus ou pelos apóstolos como tal.
D. Alguns Pais da Igreja (incluindo Jerônimo) não consideraram estes livros como sendo Escritura.
E. Os Judeus nunca os reconheceram como sendo Escritura.

Mito 4. Houve grande debate na Igreja primitiva sobre quais livros deveriam ser incluídos no Novo Testamento.
Resposta:
· Debates significativos ocorreram somente com relação a um pequeno grupo de livros.
· A forma básica do cânon (Evangelhos e Epístolas) já existia no segundo século.

Mito 5. A conceito de "Escrituras do Novo Testamento" surgiu somente após o período do Novo Testamento.
Resposta:
· Pedro se refere aos escritos de Paulo como sendo Escritura (2 Pe. 3:15-16).
· Paulo cita do Evangelho de Lucas como Escritura (1 Tm. 5:18; Lc. 10:7).
· O livro do Apocalipse explicitamente se diz Escritura (Ap. 1:1-3; 22:18-19).

Mito 6. A Igreja primitiva suprimiu alguns Evangelhos que continham histórias e ensinamentos autênticos de Jesus.
Resposta:
· A Igreja foi perseguida por mais de dois séculos e não poderia ter suprimido nada.
· Os Evangelhos "rivais", principalmente os gnósticos, foram escritos após o período do Novo Testamento, a maior parte muito tempo depois.
· Os Evangelhos gnósticos contêm ensinamentos e relatos ofensivos e absurdos quando comparados com os Evangelhos do Novo Testamento. É relatada, por exemplo, a história de Jesus criando, do barro, um pássaro vivo, para então matá-lo, ou a história de Jesus ensinando que as mulheres podem se tornar dignas do reino de Deus se elas se transformarem em homens.

Mito 7. Líderes religiosos impuseram o cânon na Igreja no quarto século.
Resposta:
· Os líderes de Igreja procuraram reconhecer o cânon, não impô-lo. Eles disseram que seus próprios ensinamentos estavam sujeitos às Escrituras, que são a autoridade final.
· Um dos requisitos que eles usaram para determinar a canonicidade de um livro era se ele tinha sido recebido como tal pela Igreja como um todo.
Cinco Critérios Usado pela Igreja Primitiva para Discernir o Cânon do Novo Testamento:
A. Apostolicidade: o livro tinha de ser de autoria de um apóstolo ou um de seus assistentes.
B. Antigüidade: o livro tinha de ser de autoria de um líder da primeira geração da Igreja.
C. Autenticidade: tinham de haver tradições históricas que confirmassem a autoria apostólica dos livros.
D. Ubiqüidade: o livro tinha de ter aceitação e uso universais, ou seja, nas igrejas de todo o mundo então conhecido.
E. Catolicidade: o livro tinha de ser consoante tanto com as outras Escrituras, como com o Credo Apostólico.


Mito 8. A Igreja primitiva escolheu como sendo livros do Novo Testamento os que concordavam com suas crenças religiosas.
Resposta:
· Concordância com os credos da Igreja era somente um dos vários critérios usados.
· Quando a Igreja declarou oficialmente os livros que pertenciam ao cânon do Novo Testamento, a maioria de dos líderes admitidamente não entendiam todos os ensinamentos do livro de Apocalipse, mas mesmo assim eles o incluíram.
· A Igreja primitiva rejeitou como sendo Escritura vários livros que estavam em harmonia com suas crenças, tal como o Pastor de Hermas e as epístolas de Inácio, porque eles não satisfaziam os outros critérios.

Mito 9. Livros foram incluídos na Bíblia porque davam testemunho da fé e das lutas do povo de Deus.
Resposta:
· É verdade que alguns livros da Bíblia relatam a fé e as lutas do povo de Deus, mas não todos (por exemplo, Cantares de Salomão).
· Se esse critério fosse verdadeiro e exclusivo, todo e qualquer livro produzido pelo povo de Deus deveria fazer parte da Bíblia.
Mito 10. Deus tem dado outros livros inspirados, além da Bíblia, que devem ser aceitos como Escritura.
Resposta:
· O Antigo Testamento foi o cânon da Palavra de Deus para Israel até a chegada do Messias e, portanto, está fechado.
· O Novo Testamento é o cânon da Palavra de Cristo através dos apóstolos e, portanto, está fechado.
· Os últimos livros do Novo Testamento nos exortam a receber os ensinamentos dos profetas e apóstolos do Novo e Antigo Testamento (2 Pe. 3:2, 16; cf. Hb. 2:2-4; Jd. 3, 17).
· Livros modernos que reivindicam serem Escrituras (e.g., Ciência e Saúde, Livro de Mórmon) contradizem a Bíblia e normalmente são fraudulentos (por exemplo, cometendo plágio).


Mara Maravilha em Mossoró!!


A cantora Mara Maravilha vai se apresentar em Mossoró no próximo sábado, às 19:30 horas, no prolongamento da Avenida Abel Coelho, no Abolição IV.
Mara será acompanhada por banda e um coral de 30 vozes, em palco montado em frente ao MINJ – Ministério Internacional Nova Jerusalém, com acesso livre.
No repertório músicas de seus doze discos no segmento gospel, incluindo o último CD, Importante é Ser Feliz, lançado pela Line Records.
Mara chegará a Mossoró no sábado ao meio-dia e cumprirá agenda de entrevistas, além de visitar o Teatro Municipal, onde pretende se apresentar futuramente, e o Mossoró West Shopping, atendendo convite de uma lojista.
Mara já se apresentou em Mossoró por duas ocasiões, em 1991 e 2001, ambas as apresentações foi no Estádio Nogueirão.

fonte : http://paulomartinsblog.zip.net/

Dia de Sol - Gerson Rufino

terça-feira, 23 de setembro de 2008

A jornada de um evangelista

As gravações do novo filme sobre a vida de Billy Graham terminaram recentemente. O filme, que estreará em 10 de outubro de 2008, tem como foco seus primeiros anos e seu chamado para o ministério.


A história de vida de Billy Graham já foi contada inúmeras vezes por diferentes canais da mídia, mas o cineasta Bill McKay queria contar a história de forma diferente: da perspectiva de um não-cristão.Portanto, no filme Billy: The Early Years [Billy: os primeiros anos], com estréia prevista para este outono, McKay relata a história do evangelista da perspectiva de Charles Templeton, à beira da morte. Quando jovem, Templeton foi amigo de Graham e seu colega no ministério Mocidade Para Cristo, e anos depois abandonou sua fé, tornando-se agnóstico.Assim como Salieri contou a história de Amadeus, Templeton (interpretado por Martin Landau, vencedor do Oscar), em seu leito de morte, conta a história de Graham.“Eu queria contar a história de Billy partindo do prisma e da experiência de um ateu. Acho que este filme terá um impacto!”, disse McKay, escritor e produtor do filme. As filmagens foram realizadas em abril e maio, em Nashville e proximidades, no estado do Tennessee. Os realizadores do filme atualmente realizam a pós-produção, procurando editar da maneira mais rápida possível. McKay disse que pretende terminar o filme em breve, para que seja lançado enquanto Graham, que completa 90 anos neste ano, ainda está conosco. Billy: The Early Years tem como protagonista o ator Armie Hammer e cobre a vida de Graham desde sua experiência de salvação na tenda, em 1934, em Charlotte, Carolina do Norte (EUA), até momentos de incerteza sobre seu chamado, antes de se tornar o grande e conhecido evangelista em todo o mundo.

Voltando no tempo

Além dos desafios de contar toda a história de vida de um homem em apenas duas horas, recriar a época em que os fatos ocorreram também tem sido um obstáculo desafiador.“Temos sido extremamente meticulosos para recriar aquele período. Como eram as roupas que vestiam e até mesmo o estilo de pregação daquele tempo em contraste com o estilo atual. Cada elemento deste filme é essencial e ligado ao tempo”, disse McKay.“Estou muito feliz com isto, pois Billy Graham é uma figura histórica não apenas como pregador mas também como alguém que impactou a vida de milhões de pessoas. Nós o vemos hoje em sua idade avançada, mas não sabia que ele tinha começado a pregar nos anos 1930. é realmente incrível poder olhar para o jovem Graham, torna-se algo mais relacionado com o público jovem.”Fazer um filme que fosse “mais relacionado” com uma audiência jovem era parte do plano de McKay.“Estamos tentando ilustrar para as pessoas jovens através de imagens, ideais e palavras que suas decisões têm significado e importam sim. Muitas vezes, até as menores decisões tornam-se as decisões mais importantes”, ele diz.

Segundo o coração de Deus

McKay também queria encorajar os jovens dizendo que Deus pode usá-los, independentemente de quem são ou de quais sejam seus dons.“Deus viu em Billy o que viu em Davi, um homem segundo o coração de Deus. Billy não era orador, não podia falar para uma audiência de quarenta mil pessoas nos anos 1940. Mas Deus o escolheu. Penso que estamos mostrando a grande manifestação do poder de Deus em se apropriar das fraquezas dos homens e fazer algo grande e significativo”, disse McKay.McKay e o co-produtor Larry Mortoff querem que seu filme mostre esta jornada.“Sabemos onde ele está agora e em quem se tornou. é um grande orador, pregador do Evangelho, amigo dos presidentes, está entre os mais influentes do mundo. é alguém que falou com mais homens e mulheres do que qualquer pessoa na história. Mas não sabemos como ele chegou lá.” Sua trajetória, como ele chegou lá, inclui conflitos que toda boa história (ou bom filme) precisa ter. Podemos pensar que a vida de Billy Graham foi livre de conflitos, mas o filme relata dois momentos importantes que ajudaram a moldar sua vida. O primeiro momento foi pouco antes daquele renascimento em 1934. O pai de Billy o alertou para não ir para a tenda, mas Albert (melhor amigo de Billy) o convenceu a ir, subornando-o com um convite para dirigir seu novo caminhão. Ainda sem ter tido a experiência de “nascer de novo”, Graham foi inspirado a pregar e a cantar dentro da tenda. Conforme o evangelista Mordecai Ham entregou a mensagem do Evangelho naquela noite, o jovem Billy disse: “Foi como se ele estivesse falando comigo sobre meu pecado.” Graham então caminhou pelo corredor central da tenda, tomando uma decisão que mudaria e moldaria a história cristã.O segundo momento foi de conflito e envolveu Templeton (amigo de Graham) e uma relação que começou quando viajaram juntos na missão Mocidade Para Cristo. Após contemplar a devastação causada pela Segunda Guerra Mundial em outros países, Templeton (no filme interpretado por Kristoffer Polaha) começou a questionar Deus e sua fé. Após estudar no Seminário Teológico, em Princeton, no final dos anos 1940, Templeton eventualmente perdeu sua fé e declarou-se agnóstico.“Billy ficou estremecido com tudo isso. Questionou se deveria voltar para casa e tornar-se fazendeiro, seguir os passos de seu pai em vez de seguir os passos do Pai celestial. Ele estava prestes a desistir de seu chamado. Estava lutando contra Deus. Mas neste momento teve uma fantástica compreensão concreta de Deus para mergulhar na Bíblia pela fé.”

A mensagem de amor e bondade

O filme também é estrelado por Stefanie Butler (CSI:NY) como Ruth (esposa de Billy), o cantor country Josh Turner estréia no cinema como George Beverly Shea. A musicista Sierra Hull, de 16 anos, faz o papel de Catherine (irmã de Billy) e canta a consagrada música de autoria de Graham, “Assim como sou”, enquanto duas alunas da Liberty University interpretam duas amigas de Billy. Anastasia Brown (do filme O Som do Coração) dirige a parte musical. Ela também é presidenta da 821 Entertainment Group, que auxiliou os incentivos de produção do Tennessee.Diariamente, os três atores principais, Hammer, Butler e Polaha, reuniam-se no set de filmagem para orar uns pelos outros, pelo elenco, pela produção e pelo sucesso do filme. “Escrevi este roteiro, pois queria apresentar Jesus novamente através das experiências de um ateu que traiu o Evangelho e traiu Billy. O ponto de vista de alguém que compreendeu no fim da vida que o único caminho para a liberdade e a paz é Jesus”, disse McKay, que espera que o público veja Jesus Cristo na história.Hammer concordou, dizendo que quer que o público “sinta a bondade e o amor. Isto está impregnado nesta história: o amor de Billy Graham pela humanidade e o amor de Deus por nós. O roteiro é baseado em amor”.“Apesar das crenças das pessoas, quero que saiam do cinema vendo amor e bondade, assim meu trabalho estará completo. E se a mensagem de Billy Graham permear na mente do público e transformar suas vidas, isto também será ótimo.” Jewel Graham é repórter e produtora do Clube 700, em Nashville. Apesar do sobrenome em comum, ela não é parente de Billy Graham.

Fonte; http://www.cristianismohoje.com.br/artigo.php?artigoid=35298

O que vamos dizer ao Senhor?

Para o pastor Josué Martins dos Santos, a Igreja brasileira tem pecado pela omissão na obra missionária.


Quando se trata de missões, o pastor Josué Martins dos Santos não está para brincadeira. Profundo conhecedor do assunto, ele fala com a paixão de quem se dedica à obra missionária há mais de 30 anos. “é impossível ser um pastor de ovelhas e não se importar com aqueles que vão para o inferno porque o Evangelho não lhes está disponível”, sentencia. Para ele, não há justificativa para a igreja que não se envolve com a pregação da Palavra até os confins da Terra, como ordenou Cristo. “Temos um tremendo potencial espiritual, numérico, econômico e vocacional”, argumenta. “Mas, mesmo com 40 milhões de evangélicos, não somos uma Igreja missionária porque estamos em pecado, doentes, não temos santidade.” Paulista de Santos, 58 anos de idade, Josué é ligado à denominação Batista e preside a Missão Avante, entidade que atua junto às igrejas na questão do despertamento, preparo e envio de novos obreiros. Foi com essa disposição no coração e com a experiência de quem tem posto a mão no arado – e também com uma boa dose de sinceridade – que o pastor Josué respondeu às perguntas formuladas por;


CRISTIANISMO HOJE: CRISTIANISMO HOJE – Muitos dizem que, antes de se fazer missões transculturais, é preciso evangelizar o Brasil. O que o senhor pensa sobre isso?

JOSUÉ MARTINS DOS SANTOS – é preciso deixar bem claro que, em nosso país, o Evangelho já está disponível a todos os brasileiros, com exceção de uma parte das áreas indígenas. Portanto, a prioridade missionária da Igreja brasileira não pode ser o Brasil.


Como tem sido a atuação brasileira nos campos transculturais? Ouvi de um líder indiano a seguinte declaração: “Vocês, brasileiros, têm entusiasmo, alegria e sabem fazer amigos, mas algo está errado. Vocês não estão plantando igrejas autóctones, e isso é uma falha”. De fato, o trabalho missionário é este – plantar novas igrejas que sejam autóctones entre o povo que está sendo alcançado. A igreja que será plantada em outra cultura precisa ser autogovernada e auto-sustentada. Deve ter uma “cara” local e poder, sozinha, evangelizar seu próprio povo. Se não for para gerar igrejas autóctones entre o povo a ser alcançado, então não há necessidade de missionários naquela cultura.


E os brasileiros não fazem isso? Os missionários brasileiros trabalham de forma descontextualizada. Nossa eclesiologia precisa ser repensada. Como Igreja, continuamos à procura de modelos importados, de pacotes prontos. A Igreja brasileira não sabe quem ela é e também não sabe para quê existe; somos superficiais e nossa profundidade bíblica é a de um pires. Muitos missionários brasileiros chegam ao campo e sua primeira iniciativa é procurar um salão ou local para reuniões, equipá-lo e colocar uma placa com o nome do feudo eclesiástico a que pertencem. Essa prática nada tem a ver com missões transculturais; é uma repetição do modelo americanizado e de outros sistemas que erroneamente se preocupam com o crescimento quantitativo, e não qualitativo. A pregação do Evangelho, em qualquer cultura, deve gerar uma conversão genuína e um crescimento saudável. Mas uma boa parte dos missionários brasileiros que trabalham em outras culturas não estão evangelizando nem discipulando. Isso ocorre porque os missionários são produtos da sua igreja local; eles repetem no campo o modelo onde foram gerados na fé.


Mas a falha, então, é de quem envia...Claro. A corrida pelos resultados numéricos nos campos acontece porque a igreja que envia, ou a organização parceira, precisa apresentar resultados para justificar, digamos assim, o investimento feito. Cada um está competindo para abrir mais campos missionários que as outras denominações e organizações. O negócio é estabelecer sua placa em mais lugares. O comportamento de muitas igrejas com seus missionários é semelhante ao trabalho escravo: exige-se tudo e investe-se uma miséria. Em razão disso, há missionários abandonados, com baixos salários, doentes, desanimados, frustrados, largados nos campos. Muitos não voltam por vergonha e medo de enfrentar os “coronéis” que os enviaram mas nunca os visitaram. Isso é uma pseudovisão missionária


Além dessa excessiva vinculação denominacional, quais são os outros equívocos?Há um bom número de missionários brasileiros trabalhando com a nova onda do Evangelho integral. São obreiros envolvidos em projetos sociais, esportivos e educacionais, mas que não estão evangelizando e discipulando os locais. Estão curando as pessoas, ensinando práticas comunitárias, trabalhando com crianças abandonadas – porém, não estão plantando igrejas. Afinal, o que é o trabalho missionário? Ora, o Evangelho é integral em si mesmo, mas em muitos lugares os missionários cuidam de coisas e estruturas, mas não têm tempo para cuidar de vidas. Nosso chamado fundamental é para salvar pessoas e levá-las ao céu.


Os enviados são mal escolhidos?O problema é que enviamos pessoas que eram líderes em nossas igrejas. São pastores, professores de Escola Bíblica, músicos, enfim, pessoas que exercem uma série de funções eclesiásticas, mas que nunca evangelizaram, nunca discipularam. Gente que tinha cargo na igreja, mas não tinha ministério. Sua atividade não era com pessoas, no sentido de restaurar e capacitar outros para o serviço cristão. Porém, em nossa visão equivocada de reconhecer um obreiro aprovado, enviamos gente com base no seu ativismo e na religiosidade. Nestes últimos 22 anos, tenho visitado muitos campos missionários. E encontro pessoas brincando de fazer missões, com motivações equivocadas, fazendo da obra um trampolim para alcançar seus interesses. Há missionários nos campos que nunca se submeteram a ninguém, não respeitam a liderança nacional existente e também não respeitaram os missionários que já estavam trabalhando ali antes deles. Parte dos nossos missionários comporta-se de forma ufanista, crendo que já sabem tudo, conhecem tudo e não precisam de ajuda de ninguém. Isso é soberba, é pecado.


Há problemas na formação dos obreiros? Eu creio que sofremos da síndrome da Coréia, onde a preocupação maior era com a capacitação acadêmica. Ninguém poderia ser enviado se não recebesse um sólido preparo teórico. Hoje, no Brasil, temos centenas e centenas de acadêmicos de missões, mas não temos missionários para enviar. Aqui, temos muitos doutores em missões que nunca visitaram um campo missionário, nunca pastorearam, nunca deram um centavo à obra; no entanto, estão escrevendo e ensinando sobre missões. São os burocratas em missões. Em outro extremo, enviamos pessoas analfabetas de Bíblia, frutos de uma educação missiológica deficiente e de uma formação acadêmica mais voltada para a defesa da fé denominacional do que do Evangelho. Em razão da inexistência de um treinamento bíblico, missiológico e antropológico equilibrado e sadio, a Igreja brasileira enviou gente que cria que, pelo fato de ser batizada com o Espírito Santo e falar em outras línguas, estava capacitada. Outros iam para o campo porque eram bons soldados denominacionais, acreditando que conhecer as doutrinas e a visão de seu grupo seria suficiente para a realização da tarefa. Assim, enviamos pessoas que não tinham um caráter restaurado e por isso pecaram no campo, quebraram suas famílias, envolveram-se com coisas escusas. Em determinados locais, esses desacertos prejudicaram o trabalho missionário como um todo e a comunicação do Evangelho levou anos para ser restaurada, com conseqüências até hoje.


Estima-se que o Brasil tenha hoje algo em torno de 40 milhões de evangélicos. Por que o país não é a maior potência missionária do planeta? Creio que existem três questões fundamentais para tal paradoxo. Primeiro, a nossa teologia não é cristocêntrica. Estudamos teologia e não percebemos que a Bíblia foi escrita em razão do projeto missionário de Deus. Isso revela que a nossa exegese do texto não está clara. Nós estamos apenas repetindo o modelo de teologia sistemática que recebemos; não fizemos nenhuma reflexão sobre o que cremos. Quando nossos irmãos e irmãs terminam seus cursos de teologia, o que receberam da parte do Senhor? No que crêem? Certamente, não crêem na Bíblia, pois com 180 mil igrejas evangélicas no país, o número de missionários não cresceu, os vocacionados para missões transculturais desapareceram, o dinheiro para missões não chega aos campos. A segunda questão é moral – não há santidade no ministério e na liderança. Pastores e líderes estão envolvidos com todo tipo de sujeira e coisas escusas. Vemos casamentos quebrados, pastores divorciados indo para o segundo, terceiro, quarto matrimônio. Pastores e líderes estão envolvidos com imoralidade e pornografia, fazem da igreja uma escada para conquistar poder e dinheiro. Como uma igreja com esse perfil de liderança vai evangelizar o mundo perdido? Missões resultam de uma vida santa e piedosa. A vocação missionária é resultado da intimidade com Deus.E quanto à terceira questão?A terceira está relacionada ao foco ministerial de cada pastor e igreja. Este foco está errado. Estamos construindo grandes templos, estruturas enormes, sem nos perguntarmos por que estamos investindo milhões naquilo que nosso Senhor não mandou fazer. Para algumas mentes doentias, o pastor bem-sucedido é aquele que reúne o maior número de pessoas no domingo à noite ou tem a maior igreja da cidade. Não importa o estado das ovelhas, não importa se as famílias vão bem, não importa se as atitudes são espúrias. Contanto que a igreja cresça, “Deus está abençoando”. As igrejas cheiram mal e ouvimos os ufanistas dizerem que “o Brasil é do Senhor Jesus”. Quantos somos realmente? Podemos ser 40 milhões, mas não somos uma Igreja missionária porque estamos em pecado, doentes, não temos santidade.


Qual sua expectativa acerca do 5º Congresso Brasileiro de Missões, o CBM, que acontece agora em outubro, em São Paulo? Vamos participar do 5º CBM e nossa expectativa é ver uma ação do Espírito Santo trazendo um real e verdadeiro retorno ao compromisso com o término da tarefa proposta em Mateus 28.18 a 20. Para isso, precisamos de quebrantamento, confissão, arrependimento, perdão e restauração; se isso acontecer, então o fogo do Espírito Santo virá sobre nós. Todo movimento missionário na história da Igreja, desde Atos, foi fruto do derramar do fogo do Espírito Santo no coração de homens e mulheres que tinham fome e sede de Deus. E nós podemos fazer mais, muito mais. Temos um tremendo potencial espiritual, numérico, econômico e vocacional. Mas, se não houver um retorno à visão de Deus para os povos não-alcançados, a nossa parte em missões será dada a outras nações. Temos homens e mulheres de Deus realizando um trabalho sério e pagando um alto preço para obedecer ao Senhor em todos os continentes. A questão é se queremos pôr a tarefa de missões como prioridade em nossa vida, ministério e igreja. Se a igreja não prega o Evangelho aos que não o ouviram, ela está em pecado. Se o pastor não tem no coração uma profunda compaixão pelos perdidos, quero encorajá-lo a deixar o ministério e fazer outra coisa. é impossível ser um pastor de ovelhas e não se importar com aqueles que vão para o inferno porque o Evangelho não lhes está disponível. O que vamos dizer ao nosso Senhor no dia da prestação de contas?

Entrevista feita por Marcelo Barros.
Fonte; http://www.cristianismohoje.com.br/artigo.php?artigoid=35417

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

A MENSAGEM DE JUDAS AOS LIDERES CRISTÃOS - PARTE I


Calma! Esse Judas, não é o Iscariotes, que traiu Jesus. Estamos falando da Epístola escrita por Judas, cujo irmão Tiago, se tornou personagem importante na Igreja Primitiva (Atos 15:13 e Gálatas 1:19). Ambos eram meio-irmãos de Jesus (Mateus 13:55), que só se converteram após a ressurreição de Cristo (João 7:5; Atos 1:14). A Epístola geral de Judas foi escrita como advertência contra aqueles, que ameaçavam solapar e destruir a comunhão dos cristãos por seu caráter e conduta completamente divorciados dos conteúdos do Evangelho de Cristo. A sua carta traz sérias advertências àqueles que usam do púlpito, da tela e do microfone para se autopromoverem, e conselhos sábios aos crentes por eles liderados. É um guia seguro nestes últimos tempos em que o falso, às vezes parece mais real que o verdadeiro. Ultimamente a comunidade cristã tem sido abalada por terríveis decepções, deixando manchas à imagem da igreja evangélica brasileira. Essa epístola traz uma urgente mensagem à igreja neste início de século. Judas abre seu primeiro argumento no livro, fazendo uma afirmação chocante: a maior ameaça à Igreja não vem de fora, vem de dentro dela, conforme o versículo 3. Ele sabe que, conquanto a "fé tenha sido uma vez por todas entregue aos santos" é preciso lutar, batalhar e vigiar para que ela não seja solapada na sua base. No verso 4, ele fala dos "dissimuladores". Dissimular é assemelhar-se no geral e se desassemelhar em coisas específicas. E pior: muitas vezes tais pessoas, assumem posição de influência, tornam-se arcanjos da comunidade, vestem-se de pastores, falam como teólogos, ensinam como mestres e insinuam-se profetas. Judas parte então, para identificar as duas teologias que estão sendo desenvolvidas pelos dissimuladores, que são: a graça barata e o senhorio oco ( verso 4b). A graça de Deus, sempre foi um dos temas teológico mais atacado pelo diabo. No caso em questão, estavam tentanto "transformar em libertinagem a graça de nosso Deus" (verso 4). Isso se dá por duas vias: a do liberalismo comportamental e a do legalismo. O pretexto do barateamento da graça de Deus passa pela idéia que Deus é gracioso e sublime demais para ocupar-se com os banais deslizes humanos. E assim, usa-se a graça de Deus contra o próprio Deus. É a graça conveniente. Evocada para justificar o pecado, não o pecador. Um outro caminho para se transformar a graça de Deus em libertinagem é pela via indireta do legalismo. Alguém pode até achar estranho isso, mas o fim do legalismo é a sensualidade, a neurose ou psicose sexual (Colossenses 2:23). Isso porque o legalismo concebe a vida santa como dependendo do homem e de seus recursos de auto-santificação. E assim, prescinde da graça de Deus. No entanto, como ninguém consegue enfrentar a si mesmo, apenas com suas próprias forças (isso porque trava-se uma guerra na psiquê humana), no final há a falência da moralidade autopatrocinada, e vem o pecado. O legalismo começa independendo da graça e termina em desgraça. No primeiro ardil, os dissimuladores, perventem a graça de Deus. No segundo ardil, eles esvaziam o conteúdo do senhorio de Cristo (verso 4b). Isso acontece de muitas maneiras. Nem sempre eles negam o senhorio de Cristo com palavras. Na maioria das vezes, como diz Paulo “no tocante a Deus , professam conhecê-lo, entretanto o negam, com suas obras” (Tito 1:16). Em outras palavras, eles falam e cantam sobre o senhorio de Cristo, porém sua vida é uma verdadeira apostasia. É por isso, que o dissimulador é mais perigoso para a igreja, do que o herege honesto, capaz de articular teologicamente suas idéias. Já o dissimulador é ortodoxo em termos de “confissão de fé”, mas heterodoxo na “prática”. Tais pessoas, tornam-se perigosíssimas, pois, de modo silencioso, ensinam o povo de Deus a desenvolver uma ponte inconsciente entre a verdade falada e a mentira vivida, racionalizando a “associação da iniqüidade ao ajuntamento solene” (Isaías 1:13b). (Continua...)


http://www.juberdonizete.blogspot.com/

Enfoques evangélicos!!

Culto dos 90 anos lota o estádio Machadão

Sábado, dia 20 de setembro, mais de 30 mil pessoas de Natal, do estado, do país e do exterior lotaram as dependências do estádio João Cláudio de Vasconcelos Machado - o Machadão, localizado à margem direita sentido Natal/Parnamirim na BR-101, transformado-o num verdadeiro santuário sábado, dia 20 último, a fim de assistirem o maior culto promovido pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte (IEADERN), presidida pelo pastor Raimundo João de Santana. O culto festivo fez parte da programação da festa assembleiana dos 90 Anos no Mover do Espírito" Santo", a qual foi iniciada em 31 de dezembro de 2007, e se estenderá até dia 3 de janeiro de 2009. A festa pentecostal teve início às 17h30, e foi prestigiada pela governadora do Estado, Wilma de Faria e o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, o presidente geral das Assembléias de Deus no Brasil, pastor José Wellington Bezerra da Costa, acompanhado dos membros da Casa Publicadora das Assembléias de Deus no Brasil (ICPAD), com sede no Rio de Janeiro. Além de autoridades civis, militares, políticas, outros crentes de outras igrejas co-irmãs, além de amigos de evangelho. A homilia foi dirigida pelo pastor Raimundo Santana e o co-pastor do Templo Central da Igreja, Eliseu Moreira Silva. Na programação constou, também de uma coreografia feita por 400 mulheres do Departamento Feminino da Igreja, formando o mapa do Rio Grande do Norte, no centro do gramado. O preletor oficial foi o pastor Josué Brandão, da Assembléia de Deus em Feira de Santana (Bahia). Um coral composto por 3.200 vozes e a Orquestra Filarmônica Gênesis da Assembléia em Natal, dirigida pelo pastor e maestro, Daniel Batista de Souza, abrilhantaram a festa espiritual, entoando belíssimos hinos de louvores a Deus. A Rádio Nordeste Evangélica AM, na freqüência 900 khz realizou a cobertura completa do evento desde as primeiras horas da manhã.

Escola bíblica

Dentro da programação dos 90 anos nos turnos matutino e vespertino, respectivamente, no período de 15 a 19, foi realizada a Escola Bíblica de Obreiros, no Templo Central da Assembléia de Deus, no Alecrim, assim como outra Escola Bíblica foi efetuada para as esposas dos pastores no Templo da Assembléia de Deus em Lagoa Seca. O pastor da Assembléia de Deus em Mossoró, Martim Alves da Silva e maior líder evangélico da região Oeste foi um dos preletores.JornalEncontra-se circulando no segmento evangélico de Natal e na imprensa local, a 2ª edição especial do "JORNAL IEADERN", órgão de divulgação da Assembléia de Deus em Natal, contendo 12 páginas, em policromia, destacando o culto festivo dos 90 anos, realizado no sábado, dia 20 de setembro, às 17h30, pela Assembléia de Deus, no Estádio Machadão. O editor do informativo é este colunista.

Pastor recebe título da AL

Promoveu sessão solene sexta-feira, 19, às 10 horas, no plenário Clóvis Mota, para a entrega do título de cidadania norte-rio-grandense ao presidente geral das Assembléias de Deus no Brasil, pastor José Wellington Bezerra da Costa. A proposição da homenagem é do deputado evangélico, Antôno Jácome de Lima Júnior (PMN), e faz parte da programação concernente aos 90 anos da Assembléia de Deus no RN.

São Gonçalo

O diácono Nubuco Barbosa Dantas, da Assembléia de Deus em Parnamirim, foi um dos preletores do abênçoado culto da restauração promovido pela Assembléia de Deus em São Gonçalo do Amarante, realizado na quarta-feira, dia 17 de setembro último, das 9 da manhã às 21 horas.

"Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de suas mãos."(Salmo 19:1)

Fonte: José Claudino.

sábado, 20 de setembro de 2008

Evangelhos são obra de autores desconhecidos, dizem pesquisadores

Os Evangelhos do Novo Testamento, quatro relatos sobre a vida de Jesus aceitos por todas as igrejas cristãs, tradicionalmente são atribuídos a dois dos Doze Apóstolos (Mateus e João, filho de Zebedeu), a um companheiro do apóstolo Pedro (Marcos) e a um colaborador de São Paulo (Lucas). Para os atuais estudiosos da Bíblia, no entanto, o mais provável é que nenhuma dessas autorias tradicionais esteja totalmente correta. Embora muitos dos fatos contados pelos evangelistas possam realmente remontar à vida de Jesus, inconsistências e contradições deixam claro que nenhum de seus discípulos originais sentou-se pessoalmente para escrever uma biografia de Cristo.Leia mais

Ao ler essa reportagem, uma pergunta me tomou a mente: até onde a ciência afeta a minha fé?
Esse questionamento pode soar estranho vindo de alguém que preza questionar e estudar a Bíblia a fundo a fim de desmentir inúmeras “verdades” infundadas disseminadas pela igreja cristã atual. Mas deixe-me explicar. Estudar, conhecer, buscar, meditar é de suma importância para que nós, cristãos, pratiquemos um cristianismo sólido, incorruptível e real. É de suma importância para que não fiquemos por aí acreditando em estorinhas contadas em púlpitos e passemos a acreditar somente na real Palavra de Deus. E a real Palavra de Deus provém da Bíblia; ela é o centro do cristianismo, a base e o teto.
Porém, quando começamos a estudar, a cientificar a própria Bíblia, mesmo que seja só um pouquinho, vemos algumas diferenças e algumas verdades que não são disseminadas por medo do cristão perder a fé. Por exemplo, quase todo o cristão sabe, teólogo ou não, sabe que existem livros da Bíblia de autores desconhecidos; outros são de autoria duvidosa e ainda outros são de autorias parcialmente conhecidas, como Salmos ou Eclesiastes. Existe o livro de Genesis que, na melhor hipótese, é uma reunião de histórias antigas reunidas por Moisés.
Essas informações são ótimas para o seu conhecimento. Mas faz diferença para a sua fé na Bíblia como Palavra de Deus? Não deveria. Porque você deve ter fé no propósito divino em nos manter esses textos até hoje, trazendo uma mensagem que é a base do comportamento cristão e uma pequena demonstração do que é Deus; Seu amor, misericórdia e poder. É nisso que você deve crer. Se livro tal foi escrito por X mas tem o nome de Y ou se o texto A não condiz com o texto B, tanto faz. Se você crê que o texto contém uma mensagem que provém e foi mantida por Deus em sua essência para você, isso já é o bastante! Portanto, deixe a ciência ser ciência e deixe a sua fé ser fé.
Quanto aos evangelhos, existia antigamente a tradição de se escrever um texto e nomeá-lo com o nome da pessoa que originou tal pensamento. Talvez os Evangelhos não sejam diferentes. Os relatos das histórias sobre Jesus sobreviveram até cerca de 70DC através dos cultos nas igrejas primitivas. Se hoje em dia, nós louvamos e ouvimos pregação nos cultos, antigamente eles se utilizavam dos cultos para compartilhar experiências e testemunhos vividos por cada um sobre a vida de Jesus. Segundi alguns estudiosos, os livros de Marcos, Lucas e Mateus provém de uma mesma fonte; apenas foram alteradas algumas ordens e adicionados algumas passagens conforme a vontade do editor de cada evangelho.
Isso muda alguma coisa em sua fé na historicidade de Cristo? Ele viveu como homem e morreu como Deus para salvar a humanidade de seus pecados. Creia nisso e não se abale com a ciência. Se você for sábio, ela será muito mais aliada do que inimiga.


René Vasconcelos
http://papodeteologo.gospelmais.com.br/

Campanha exercendo a fé!


Você pensou que já viu de tudo no mundo cristão?

Fonte: Jacaré Banguela
Amém! Essa foto foi tirada nas ruas da Paraíba. Você que é blogueiro, coloque essa foto no seu blog e dê o seu “amém” também!
Isso sim é exercer a fé! Mas tem que ser Cross Fox, porque se for um Corsa, ou um Cross Fox amarelo, nossa campanha foi em vão.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Amanhã grande festa dos 90 anos da AD no RN

Amanhã acontecerá um mega culto no estadio Machadão em Natal em comemoração dos 90 anos da Assembléia de Deus no RN, o culto contará com um coral de mais de 3000 vozes, estima-se que mais de 40.000 pessoas estarão prestando culto de Louvor a Deus por agradecimento pelo crescimento da obra do Senhor aqui no estado, lideranças de todo Brasil e também do exterior estarão presentes, assim como os demais pastores de quase todo o Brasil, o Presidente da CGADB, o Pr. José Wellington será um dos ilustres. Não percam essa grandiosa festa onde a presença de Deus se fará abundante e grandes bençãos serão derramadas naquele lugar.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

A Fogueira Santa de Marco Feliciano


Todos nós sabemos que a chamada "Fogueira Santa de Israel" é um dos tantos absurdos cometidos pela Igreja Universal. Só que recentemente o blog "
Amenidades da Cristandade" trouxe uma matéria sobre o pastor Marco Feliciano, imitado por muitos, fazendo a sua fogueira também. Vejam:
Marco Feliciano fez campanha parecida com a "fogueira Santa de Israel" promovida pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) de Edir Macedo.

O pastor Marco Feliciano esteve em Israel na semana passada. Ele liderou uma caravana de evangélicos que conheceram a Terra Santa e cumpriu um propósito iniciado no começo de 2008: levar trinta quilos de pedidos de oração para o Monte Sinai, no Egito.Ele carregou pedidos de mais de 100 mil pessoas recolhidos ao longo de diversas campanhas, e orou com um grupo de irmãos para que o Senhor atenda às suplicas contidas nos milhares de papéis. Conforme havia anunciado, ateia fogo aos pedidos, e a fumaça sobre aos céus na madrugada do deserto. As labaredas são grandes. Olho ao redor e os crentes estão, cada qual num canto, orando, chorando e falando com o Deus de Moisés, que ali mesmo fez um pacto de glória”, conta. Abaixo, o pastor Marco relata a viagem e a chegada ao Sinai, e lembra: “Oro pela minha família, pelo ministério que Deus me deu, pelos sócios-contribuintes, pelos amigos, pelos inimigos, pela igreja brasileira, pela minha vida.”
Precisa tecer algum comentário? Será que é necessário escrever as orações em um papel, esperar que este atravesse o Atlântico e vá parar nos montes egípcios para ser queimado e, só aí, o Senhor reponder as orações?
Infelizmente, muita gente aceita esse tipo de coisa. !

Ah! Jesus, ajuda-nos a sermos mais fiéis!!

ALGUMA SEMELHANÇA COM OS DIAS DE HOJE?


Isaías 59.

1 ¶ Vocês estão pensando que o SENHOR perdeu a força e não pode nos salvar? Ou pensam que ele está surdo e não pode nos ouvir?
2 Pois são os pecados de vocês que os separam do seu Deus, são as suas maldades que fazem com que ele se esconda de vocês e não atenda as suas orações.
3 Vocês têm as mãos manchadas de sangue e os dedos sujos de crimes; vocês só sabem contar mentiras, e os seus lábios estão sempre dizendo coisas que não prestam.
4 Não é para procurar a justiça que vão ao tribunal, e ninguém diz a verdade ao juiz. Todos confiam em mentiras e falsidades; inventam maldades e praticam crimes.
5 Os seus planos perversos são como os ovos de uma cobra venenosa: quem come os ovos morre, e, se um se quebra, dele sai outra cobra venenosa. Os seus planos não prestam para nada; parecem teias de aranha;
6 elas não servem para fazer roupa, e ninguém pode se vestir com elas. Tudo o que vocês fazem é mau, todas as suas ações são criminosas.
7 Vocês correm para fazer o que é errado e se apressam para matar pessoas inocentes; vocês pensam somente em maltratar os outros e, por onde passam, deixam a destruição e a desgraça.
8 Não conhecem o caminho da paz, e todas as suas ações são injustas. Vocês preferem seguir caminhos errados e por isso não têm segurança.
9 ¶ Deus ainda não nos salvou, pois temos pecado, e por isso ele demora em nos socorrer. Procuramos a luz, mas só encontramos a escuridão; buscamos lugares claros, mas continuamos nas trevas.
10 Andamos apalpando as paredes como se fôssemos cegos, como se não tivéssemos olhos; ao meio-dia tropeçamos como se fosse de noite e, em plena flor da idade, parecemos mortos.
11 Rugimos como ursos assustados, gememos como pombas; esperamos a salvação, porém ela demora; desejamos socorro, mas ele está longe de nós.
12 Temos pecado muito contra ti, ó Deus, e os nossos pecados nos acusam. Não podemos esquecer as nossas maldades; reconhecemos que somos culpados.
13 Não temos sido fiéis, temos nos revoltado contra ti e nos afastado de ti, o nosso Deus. Temos falado de crimes e de revoltas e temos feito planos para enganar os outros.
14 A justiça é posta de lado, e o direito é afastado. A verdade anda tropeçando no tribunal, e a honestidade não consegue chegar até lá.
15 A verdade desapareceu, e os que procuram ser honestos são perseguidos.
16 ¶ Ele ficou espantado quando viu que não havia ninguém que socorresse o seu povo. Então com a sua própria força ele venceu e, por ser o Deus justo, conseguiu a vitória.
17 O SENHOR vestiu a couraça da justiça e pôs na cabeça o capacete da salvação; a vingança lhe serviu de roupa, a sua ira foi a capa que usou.
18 Ele dará a cada um o castigo que merece. Na sua ira, castigará os seus inimigos, e povos de países distantes receberão o que merecem.
19 Todos, desde o Leste até o Oeste, temerão o SENHOR e o seu poder. Pois ele virá como uma forte correnteza que é levada por um vento furioso.
20 O SENHOR Deus diz: "Eu virei a Sião como Redentor para salvar as pessoas do meu povo que se arrependerem."
21 O SENHOR diz ao seu povo: —Esta é a aliança que vou fazer com vocês: o meu Espírito, que eu lhes dei, e os meus ensinamentos, que eu lhes entreguei, ficarão com vocês para sempre. Vocês os ensinarão aos seus filhos e aos seus descendentes, agora e para sempre. Eu, o SENHOR, falei.

O QUE PODE FAZER O JUSTO? (


Agatha Christie sempre dizia nos seus livros protagonizados por Miss Marple que "a natureza humana é a mesma em todo lugar, o que muda são as pessoas e as circunstâncias". Eu sempre gostei dessa frase. E ela não deixa de ser uma verdade. Embora os tempos bíblicos tenham ficado bem para trás, a natureza humana continua a mesma. A pergunta é: "o que pode fazer o justo quando os fundamentos são destruídos?" e a resposta é: "o mesmo que fizeram os homens e mulheres de Deus em suas épocas".

Vejamos o exemplo de Noé. A Bíblia nos mostra que, em seu tempo, grande era a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente e ainda que o Senhor arrependeu-se de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. Porém, mesmo em meio a toda essa corrupção, toda essa violência, a Bíblia diz que Noé era justo e perfeito. Como ele não cedeu às pressões da sua sociedade? A Bíblia também responde: Noé andava com Deus! Essa é o primeiro aspecto da nossa resposta: Andar com Deus. E isso é bastante interessante, pois Amós nos pergunta "como andarão dois juntos se não estiverem de acordo?". Se Noé andava com Deus é porque eles concordavam em tudo. E, se Deus estava entristecido com a humanidade, entende-se que Noé não andava como o povo daquela época. Ele pensava como Deus pensava e não como seus contemporâneo s.

E hoje o mundo está igual ou pior do que nos dias de Noé. E será que Deus está satisfeito com ele? Claro que não está. O apóstolo Tiago nos diz que "a amizade do mundo é inimizade contra Deus". E, se o mundo é inimigo de Deus, nós que somos seus filhos, não podemos andar de acordo com o mundo, com o espírito que nele opera. Se esperamos estar abrigados dentro da arca (que é Cristo), temos que andar com Deus. Temos que viver de acordo com seus preceitos estabelecidos na Palavra para que achemos "graça aos seus olhos".

Por isso, por mais que o mundo se afunde, por mais que corra para a perdição, por mais que nos chame de loucos ou sabe lá Deus o quê, nós, que somos justos, devemos andar com Deus, para que a nossa vida testifique contra as suas más obras e eles possam enxergar em nós a verdade de Deus.


Paulo Adriano RochaNINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

ASSEMBLEIA DE DEUS COMPRA MADRUGADA DA TV BANDEIRANTES

A Band fechou contrato, em sigilo, com a igreja Assembléia de Deus, informou a coluna Ooops!. A emissora negociou o horário da madrugada, das 2h às 7h, de segunda a sexta, e das 4h às 7h aos sábados e domingos. O pastor Silas Malafaia, da Assembléia de Deus, que comprou as madrugadas da Band O contrato acontece um mês depois de a Band "arrendar" o canal 21 (em UHF) por cinco anos para a Igreja Mundial do Poder de Deus. O valor e a duração do contrato não foram divulgados, mas de acordo com a coluna do UOL ele é de cerca de quatro anos. Para comparar, o valor pago pelo pastor R.R. Soares à Band por uma hora de programação em horário nobre é de cerca de R$ 5 milhões mensais. O contrato da Assembléia de Deus com a emissora foi fechado pelo pastor Silas Malafaia, que já apresenta um programa no sábado à tarde na Band, o "Vitória em Cristo". Malafaia já foi acusado de fazer sermões que promovem racismo e ódio aos homossexuais. Ele negou tudo na TV.Fonte: Folha Online dia 16/09/2008 - www.folha.uol.com.br

COMENTÁRIO: Sem dúvida alguma, que a televisão é um grande instrumento de comunicação em massa, e que usada de forma eficaz na pregação do Evangelho, muito pode contribuir na evangelização. No entanto, fazendo um balanço da presença evangélica como um todo hoje na televisão brasileira, o que se vê muito é propaganda de pessoas, instituições religiosas e também de produtos. No último sábado, um dos citados na reportagem da Folha de São Paulo, fez em seu programa uma desenvangelização, ao dar tapas na Constituição e nos Estatutos da Convenção da AD do Brasil, e criticar a própria Convenção, a editora e o jornal oficial da instituição, e os rumos administrativos da sua denominação. Vê-se muito também na televisão, além da propaganda pessoal dos apresentadores, das instituições que representam e dos produtos que vendem, também um ensino de barganhas com Deus, onde você, dá determinada coisa e Deus em troca, dá cura e prosperidade financeira. O anúncio do Evangelho de Jesus e da salvação, de forma simples e clara, pouco se vê. Sou a favor da utilização de todos os meios de comunicação para a pregação da Palavra, como a televisão, o rádio ou a internet, mas que seja feita com bom senso, equilíbrio e com o objetivo maior do engrandecimento do Reino de Deus.

Pr. Juber Donizette.

http://juberdonizete.blogspot.com/

Projeto Minha Esperança Brasil!!


segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Versiculo do dia!!


Missões : Questão religiosa causa a demissão de cem funcionários



ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA - Um impasse entre o grupo brasileiro JBS e cem trabalhadores muçulmanos em Greeley, Colorado, exemplifica a crescente impopularidade das religiões no Ocidente.

(Fonte: Portas Abertas) - Nas sociedades ocidentais seculares, é predominante a idéia de que a religião não deva ocupar algum papel no cenário público, na política do governo ou de grupos privados.Esse pensamento acaba levando à opressão de grupos que questionam novos costumes e obrigações com base em seus fundamentos religiosos.A JBS – o maior processador de carne bovina na América do Sul – demitiu nesta semana cem trabalhadores muçulmanos que reivindicaram uma jornada de trabalho mais flexível para conciliar suas obrigações religiosas com o serviço.Durante o ramadã, os muçulmanos ficam em jejum do nascer ao pôr-do-sol, e só podem comer depois que uma oração é feita, no momento do crepúsculo. No entanto, os horários de trabalho da JBS em Greeley não permitem que essa oração seja feita.O grupo do segundo turno entra na fábrica à tarde e só volta para casa à noite. São realizadas três pausas para descanso durante a jornada.Após reuniões com o sindicato e com representantes dos trabalhadores muçulmanos, a direção da fábrica decidiu anteceder a pausa das 21h15 para as 20 horas. No entanto, nesta época do ano, o sol se põe por volta das 19h30 em Greeley, e os muçulmanos teriam de fazer suas orações antes desse período, se quiserem cumprir os rituais do ramadã.Na sexta-feira passada, dia 5 de setembro, 220 funcionários abandonaram a linha de produção e saíram da fábrica em protesto. Cerca de 120 voltaram ao trabalho na terça-feira. Os demais foram demitidos.Em um comunicado distribuído na quarta-feira, a empresa disse que “trabalha junto com todos os empregados e seus representantes judiciais para acomodar praticas religiosas de forma razoável, segura e justa para todos os envolvidos”.

Culto no machadão dos 90 anos da AD no RN!!


Tendo à frente o pastor-presidente Raimundo João de Santana, a Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Rio Grande do Norte (IEADERN), dentro da programação dos 90 anos, realizará no próximo dia 20 de setembro, às 19 horas, um culto festivo festejando os 90 anos da organização. A festa assembleiana contará com as presenças da governadora Wilma de Faria , prefeito Carlos Eduardo, além do presidente da Convenção geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), pastor José Wellington Bezerra da Costa.

A BUSCA DO SAGRADO


Nos dias em que vivemos, muito se tem falado sobre a questão religiosa. Em meio aos temas mundiais, está a busca do sagrado. Um tema controverso, que divide opiniões de pessoas, estudiosos, povos e países. Se para Karl Marx, a religião era o ópio do povo, para Marx Weber era a seiva do capitalismo. Mesmo os que se dizem ateus, fazem do seu ateísmo uma religião. A espiritualidade humana, é um dos fatos mais incontestáveis demonstrados na História. A arqueologia e a antropologia, à medida que pesquisam e fazem incursões nas culturas humanas, sejam elas as mais primitivas, encontram sempre as marcas do sagrado: os signos da adoração, os altares para os rituais, os códigos de ritos e todas aquelas coisas que demonstram o desejo que se projeta do homem, de entender, de integrar o ser cósmico à realidade da sua vida e ao seu cotidiano. Focando a visão para o nosso Brasil, vemos que somos um país que sempre foi atraído pela religião. A Igreja Católica, trazida pelos portugueses, durante 500 anos tem sido a religião dominante neste país. Mas, conviveram paralelo à ela, a pajelança dos índios e os cultos afros, trazidos pelos escravos, fazendo de muito católico no Brasil, um caso interessante. Ele vai na missa de manhã e no centro espírita a noite. Fruto da mistura étnica e religiosa que ocorreu nas terras tupiniquins. Quem não se lembra, da figura da benzedeira? Apesar de algumas tentativas nos primeiros séculos, após o descobrimento, o protestantismo só foi implantado de forma efetiva no Brasil, no século XIX, com a chegada das igrejas históricas (Luterana, Congregacional, Presbiteriana, Batista, Metodista e outras) através dos imigrantes britânicos, alemães e norte-americanos. Os pentecostais vieram em 1910/1911, com a Assembléia de Deus e a Congregação Cristã. A Quadrangular veio depois na década de 50, Deus é Amor em 1962. No fim dos anos 60, saídas das igrejas históricas, surgiam as Renovadas (carismáticas) e a partir de 1977, aparecia no cenário brasileiro, as neopentescostais com a fundação da Igreja Universal do Reino de Deus. Os evangélicos (termo que a partir dos anos 80, passou a designar os protestantes no Brasil), cresceram muito nos últimos 30 anos, saindo de cerca de 3% em 1970 para 18% no presente momento. Em números fala-se em mais de 30 milhões de pessoas. Até 1982, praticamente os evangélicos não participavam da política partidária, hoje, têm senadores, deputados federais, estaduais, vereadores, etc. Já teve ministra de estado, governador e até candidato a presidente. Na mídia, sua participação não ficou atrás, tendo hoje, concessão de canais de rádios e tv, com destaque para a Tv Record, que já é a segunda maior emissora do país. Apesar de todo esse crescimento, é o momento de nos perguntar-mos: qual é o nosso referencial e modelo para viver uma vida para Deus mesmo, neste mundo corrompido e sem esperança? Somos embaixadores de Cristo, como dizia o apóstolo Paulo ou representantes de uma corporação? Seguimos os ensinos do evangelho de Jesus de Nazaré, onde importava o ser, ou os conselhos de Maquiavel, que diz que, basta você parecer que é. Nossos pregadores pregam a palavra com a unção do Espírito Santo ou preferem aprender técnicas de neorolinguística para ludibriar o povo. Nosso referencial é a Bíblia ou preferimos buscar a unção de Toronto, Seul, Bogotá, e por aí vai. Os cantores e pregadores de renome, são admirados, idolatrados, cheios de fãs (não tem outro termo), agendas lotadas, chachês altos, são verdadeiros showmans, onde quer que passem. Interessante, é que, seja no palco dos estádios e ginásios ou no púlpito das igrejas, onde quer que se apresentem, dizem que "toda a glória é para Jesus". Que ironia! Será que em nossos concílios e convenções, os nossos líderes eclesiásticos podem dizer como os apóstolos ao final do primeiro concílio em Jerusalém, registrado em Atos 15, "pareceu bem ao Espírito Santo e a nós"? Os nossos representantes políticos tem agido como Daniel e seus companheiros, que não se contaminaram com o manjar do rei, ou seus nomes estão arrolado em CPIs de corrupção. Em 1965, Billy Graham escreveu um livro chamado "Mundo em Chamas". Em 1983, adolescente recém-convertido li aquele livro pela primeira vez. Ele dizia que naquela época (1965), muitos americanos estavam decepcionados com Igreja (instituição) e estavam deixando de ir à mesma, e se reunindo em grupos nos lares, para estudo da Bíblia e oração. Hoje, isto já está ocorrendo em nosso país também. Ao mesmo tempo, a busca do Sagrado é enorme no mundo e no Brasil. Isto significa que há uma fome de Deus. Mas, se o nosso modelo não for o do Evangelho de Cristo, estaremos com igrejas grandes e ricas, mas Jesus estará batendo à porta, como na Igreja de Laodicéia do Apocalipse. Terá nome de cristã, mas não terá Cristo, terá grife de Jesus, mas receberá um "não vos conheço", ainda que expulse demônios e profetize, conforme está escrito em Mateus 7:21-23. Pense nisto. Observação: Essa foi a primeira mensagem que eu postei em 31/03/2008, na criação deste blog. Resolvi postá-la novamente depois de assistir um Programa Evangélico, exibido na Band aos sábados. Foi triste e lamentável ver o apresentador do referido programa, expor a política eclesiástica na TV. Um veículo de comunicação que deveria estar sendo usado para pregação do Evangelho, sendo utilizado para outros fins. Como diz o Boris Casoy: "Isso é uma vergonha".


Matéria: Pr. Juber Donizete

http://www.juberdonizete.blogspot.com/

domingo, 14 de setembro de 2008

Direitos humanos na Índia são desrespeitados

Jovem cristão queimado vivo em Odessa (Índia) final de agosto de 2008. - Foto: Rockingfly

É crítica a situação dos cristãos (inclusive brasileiros) em Orissa, na Índia. A contagem dos cristãos mortos é grande, incluindo algumas freiras que foram queimadas vivas. Várias igrejas, casas e lojas foram completamente destruídas. Mesmo os orfanatos cristãos não foram poupados.Para justificar o massacre de cristãos, hindus espalharam a notícia falsa de que o líder hindu Swami Laxmanananda Saraswati, eminente perseguidor de cristãos, tinha sido morto por um cristão. O distrito de Kandhamal era o epicentro das bárbaras violências. A maioria dos cristãos foram mortos lá. Na vila Barakhama, hindus atacaram moradias cristãs com injetores e bombas.Entre os missionários evangélicos, pelo menos duas pessoas fazem parte da correspondência da Hebrom News. Em contato com eles, não temos notícia da morte ou ferimento em nenhum brasileiro, mas estamos aguardando mais informações.Os ataques aconteceram no final do mês de agosto, mas o clima continua tenso e perigoso para os religiosos, que na verdade atuam mais em missões humanitárias. Um dos missionários, em contato com a Hebrom News, informou da sua preocupação: "Realmente temos que ter cuidados, pois não só nós que corremos risco, mas toda a congregação. E como estrangeiros podemos ir embora, mas e os nativos?"Infelizmente, a mídia internacional não está difundindo os acontecimentos naquela pobre região da Índia. É importante a oração de todos para que cessem os conflitos, onde os cristãos estão sofrendo sem qualquer reação ou defesa. E que o governo indiano possa colocar ordem na região contendo os excessos hindus. Veja no link as fotos na galeria de imagens Hebrom News:
+ Fotos
Recentemente, recebi e-mail de brasileiros que moram na Índia. Eles nos contam as atrocidades cometidas naquele país, principalmente contra religiosos ocidentais, sem que a imprensa e mesmo os Direitos Humanos na esfera internacional façam alguma coisa para salvar aquelas vidas em perigo. Vamos fazer nossa parte divulgando o que acontece lá.E-mail original dos fatos ocorridos no final de agosto de 2008:Estes fanáticos armaram ciladas em todos os estados de Orissa, contra os cristãos e cada organização evangélica ao mesmo tempo. Alguns dos cristãos que estavam na lista deles, como lideres de Igreja, de núcleos, de oração, foram caçados e quando achados eram maltratados e mortos, injuriados, queimados.

Eles mataram quatro cristãos numa estrada, queimaram vivos vários pastores indianos, uma líder de um orfanato foi queimada viva e as crianças correram em busca de Socorro. Várias casas de pastores foram destruídas a fogo, uma colônia cristã foi bombardeada.Muitos cristãos fugiram pela floresta a fora para salvar suas vidas, em especial os líderes de igrejas.

Alguns destes líderes já foram encontrados. Porém, até agora muitos ainda estão sem dar noticias. Um casal missionário foi seqüestrado, foram torturados de várias formas. Atacaram muitas escolas cristãs e quebraram estas, bateram em todos os que estavam ali.Eles atacaram todas as igrejas católicas, amarraram muitas irmãs e mataram outros, tentaram matar queimado o padre Thomas, porém ele escapou. Em outro local, colocaram fogo num orfanato, queimaram viva uma madre e 12 alunos ficaram com queimadura de primeiro grau.

Em outra cidade, mataram dois líderes e 400 cristãos entraram desesperados nas florestas para salvar suas vidas. Em outra localidade, três casas e igreja foram queimadas, casas destruídas em outras cidades, algumas vítimas dos ataques destes fanáticos foram admitidas nos hospitais e sofrem queimaduras de 1º grau.Em outro município, uns 1.500 cristãos fugiram pelas florestas das aldeias e alguns foram alcançados e mortos.

Em outra localidade, dois rapazes da Igreja Católica foram capturados e os torturaram na cabeça; estes também atacaram uma casa de pacientes da Missão da Madre Tereza, bateram e maltrataram os pacientes que ali estavam, perseguiram e continuam a perseguir os líderes religiosos, os cristãos na liderança; cada casa dos cristãos tem sido o alvo destes doentes e opressores Hindus V.H.P..(Aqui em Kolkata os fanáticos são os B.J.P.)Todas as igrejas da Índia estão se mobilizando, enviando alguns líderes corajosos a ir estender as mãos aqueles que sofrem perseguição, levar alimento, medicamento, roupas etc... Todas Igrejas estão levantando uma oferta generosa em favor das igrejas do estado de Orissa. Somos uma só família e choramos com os que choram e sofremos com os que sofrem. Sabemos que o que temos de melhor a dar nesta batalha e ser um participante ativo, é lutar com as armas espirituais em favor de nossos irmãos indianos de Orissa.


BOAS NOTÍCIAS: Muitas famílias de hindus ajudaram e cuidaram dos cristãos injuriados, seus vizinhos; os líderes políticos hindus enviaram um recado aos V.H.P., dizendo que "VOCêS NÃO VÃO BRIGAR MAIS COM OS CRISTÃOS OU MULÇUMANOS, PORÉM SE NÃO PARAREM, TERÃO QUE ENFRENTAR-NOS, OS HINDUS!!"Estes hindus disseram: "os cristãos tem feito um trabalho maravilhoso em favor dos pobres e necessitados de nossa cidade; tem aberto escolas, hospitais, orfanatos, e outras instituições humanistas sem acepção de pessoa, demonstrando o amor de Deus ao ser humano. Eles são exemplo de bondade a nossa sociedade, eles não fazem mal a ninguém, e por isto iremos protegê-los e lutaremos em favor deles"




Brasil Wiki

Novidade:Culto dos ídolos desvia homem da Fé e da liberdade !!


O Papa disse hoje, numa missa ao ar livre realizada em Paris, que o culto dos ídolos desvia o homem da Fé e da liberdade.Perante milhares de fiéis, Bento XVI perguntou se “não será que o dinheiro, a sede de ter, do poder e mesmo do saber desviaram o homem do seu verdadeiro fim?”“Não criou o mundo contemporâneo os seus próprios ídolos? Não será que imitou a seu modo os pagãos da antiguidade, desviando o homem do seu fim verdadeiro, da felicidade de viver eternamente com Deus? Esta é uma questão que todo o homem honesto consigo próprio não pode deixar de colocar. O que é importante na minha vida? O que é que eu coloco em primeiro lugar?”, questionou o Papa.
Na homilia desta manhã, o "Santo Padre" deu ainda alguns caminhos para o homem deixar a via dos ídolos.
“Deus nunca pede ao homem para sacrificar a sua razão. A razão nunca está em real contradição com a fé. O Deus único criou a nossa razão e deu-nos a Fé propondo à nossa liberdade recebê-la como um dom precioso. É o culto dos ídolos que desvia o homem desta perspectiva e a própria razão pode forjar ídolos. Peçamos pois a Deus, que nos vê e escuta, nos ajude a purificarmo-nos todos os nossos ídolos para aceder à verdade do nosso ser”, sublinhou.
Nesta primeira deslocação a França, Bento XVI irá esta tarde visitar o Santuário de Lourdes, por ocasião dos 150 das Aparições Marianas.
RV/Renascença
Comentário: primeiro o Papa reconhece que os ídolos e os cultos a eles separam o homem de Deus, depois dá umas "dicas" para o homem deixar seus ídolos, e depois pede para que Deus ajude a "purificar todos os nossos ídolos", pra em seguida "visitar" o santuário de Lourdes para adoração de "aparições Marianas", vai entender lá isso!!